06/11: Sinfarmig volta a enviar ofício à Prefeitura de Medina sobre condições de trabalho e salário de Farmacêutico

Notícias

 

 

O Sindicato dos Farmacêuticos de Minas Gerais – Sinfarmig encaminhou novo ofício à Prefeitura Municipal de Medina nesta semana, para novamente solicitar reconhecimento e correção da defasagem salarial dos profissionais da rede pública de saúde da cidade. 

Esta é a segunda vez em oito meses que a entidade sindical aciona a administração municipal para intermediar  condições mais dignas de trabalho para os farmacêuticos que atuam na Prefeitura. 

Em março deste ano, o Sinfarmig solicitou uma alteração no Edital 01/2017 referente ao Processo Seletivo Simplificado que pretendia contratar profissional para o cargo de farmacêutico com remuneração de R$1500,00. Um valor muito abaixo do Piso Salarial utilizado como referência no Estado, que é de R$ 3.923, 62 para uma jornada de 40 horas semanais. 

Argumento que a entidade voltou a usar neste recente ofício diante da resistência do município em rever a remuneração vigente diante das inúmeras atividades do farmacêutico e do porte populacional da cidade. 

A correspondência destacou, ainda, que o Programa Farmácia de Minas, hoje denominado Programa Farmácia de Todos, prevê o repasse de valor financeiro como incentivo à fixação dos farmacêuticos nas localidades.

 O objetivo desse recurso feito pela Secretaria Estadual de Saúde por meio deste  Programa é reduzir a evasão dos profissionais no serviço público e contribuir para que eles assumam as atividades com jornada de 40 horas semanais sem gastos da administração municipal.

O Sinfarmig solicitou ao Prefeito de Medina providências para que “possamos avançar no campo da Assistência Farmacêutica no município de Medina” e se colocou a disposição para contribuir na busca de uma política de saúde pública com benefícios para a população.

 

 

Fonte: Assessoria de Comunicação Sinfarmig

 

Publicado em 06/11/17