06/06: Incentivo Farmacêutico é tema de nova reunião na SAF da Secretaria de Estado da Saúde de Minas

Notícias

 

 

Nesta quarta-feira, 07/06, às 15h, está agendada uma nova reunião sobre incentivo farmacêutico, complementação dos salários dos profissionais que é vinculada ao Programa da Secretaria de Estado da Saúde de Minas Gerais - SES-MG. A reunião que acontece na Cidade Administrativa será coordenada pelo Superintendente de Assistência Farmacêutica do Estado de Minas Gerais - SAF, Homero Claudio Rocha Souza Filho que convida o Sindicato dos Farmacêuticos de Minas Gerais – Sinfarmig, o Conselho de Secretarias Municipais de Saúde - Cosems e Conselho Regional de Farmácia de Minas Gerais - CRF/MG para participar do debate.

O incentivo farmacêutico vem ganhando espaço nos debates que envolvem o Sinfarmig. Isso porque a entidade sindical recebe inúmeras reclamações da categoria em função do não repasse, assim como dos baixos salários desproporcionais às grandes responsabilidades que o Programa envolve. No mês passado, a diretoria do Sinfarmig defendeu que o piso salarial  de 40h no valor de R$ 3.923,62 fosse usado como referência para a remuneração dos profissionais nos municípios. 

O envolvimento do Sinfarmig é tal que, no ano passado o diretor da Regional Norte de Minas, Patrick Brito, apresentou à SAF levantamento de informações sobre a remuneração dos farmacêuticos que motivou o posterior envio de questionário a mais de 800 profissionais que atuam no Programa Farmácia de Todos para levantar dados da categoria. 

São estes dados que estão servindo de base para as discussões na busca de um alinhamento entre a destinação do recurso disponibilizado pela SES-MG e a utilização dada pelos municípios no trabalho de valorização do farmacêutico na execução do Programa.  

O Sinfarmig defende que é preciso remunerar os profissionais de modo digno já que as atividades envolvem muita responsabilidade com a saúde da população dos municípios e também para evitar a alta rotatividade que predomina nas farmácias públicas das cidades mineiras.  

Fonte: Assessoria de Comunicação Sinfarmig

Publicada em 06/06/17